Artigos

Gilberto Diniz toma posse no cargo de Conselheiro

  • 6468 visualizações.
  • Publicado em: Notícias
  • Autor: ADPM

A Presidente do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCEMG), Conselheira Adriene Andrade, deu posse, nesta quarta-feira, 09 de outubro, ao novo Conselheiro da Casa, Gilberto Diniz. O ato foi assinado no Gabinete da Presidência, nas dependências da sede do TCEMG, com a presença de autoridades e servidores do Tribunal. O bacharel em Ciências Contábeis e Direito e especialista em Controle Externo foi escolhido pelo Governador do Estado, Antonio Augusto Junho Anastasia, a partir de uma lista tríplice de Auditores encaminhada pelo Tribunal, com aprovação da Assembleia Legislativa (ALMG).


Em seu pronunciamento, o Conselheiro Gilberto Diniz considerou sua nomeação como um reconhecimento pelo trabalho “silencioso, abnegado, devotado e exclusivo” ao Tribunal de Contas nos últimos 25 anos. “Estejam certos de que podem continuar a contar comigo, máxime, nessa quadra em que as demandas do controle externo se avolumam. E o Tribunal de Contas precisa consolidar-se, cada vez mais e de forma altaneira e autônoma, como órgão legitimado, pela Constituição, para fiscalizar a gestão dos bens e recursos públicos e, consequentemente, como instrumento de exercício da cidadania”, afirmou o Conselheiro.

A Conselheira Presidente, Adriene Andrade, disse estar grata por ocupar o cargo máximo de direção do TCEMG neste momento. “É uma benção poder empossar o Conselheiro Gilberto Diniz, não só por sua pessoa e caráter, mas pela homenagem que se desdobra: eu considero este ato uma das maiores homenagens aos servidores do Tribunal”, lembrou a Presidente, em referência à origem de Gilberto Diniz na Casa, que - como servidor concursado - começou a carreira do hoje chamado cargo de Analista de Controle Externo em 1988 e, após aprovação em concurso, exerceu os cargos de Auditor e de Conselheiro em exercício. Em seu discurso, a Presidente enalteceu as qualidades do novo Conselheiro. “Pela sua humildade, ele irá nos ensinar muito. Engrandecerá a Casa com suas teses perfeitas, votos coerentes, posição firme e sensibilidade”, concluiu Adriene Andrade.

O Auditor Hamilton Coelho foi convidado a falar sobre o novo Conselheiro. Ele destacou a lealdade, competência e o zelo familiar de Gilberto Diniz. Segundo Hamilton Coelho, o bom desempenho do colega nas funções que ocupou anteriormente é a certeza de que “honrará” a presente indicação. “Buscando na Idade Média um jargão, eu digo: vida longa no cargo de Conselheiro, que seu substituto aguarde pelo menos cem anos”, comemorou o Auditor.

 

Após a posse, o Conselheiro Gilberto Diniz participou da sessão do Tribunal Pleno, pela primeira vez exercendo o cargo como efetivo. Na ocasião, recebeu mais cumprimentos dos seus pares.

Presenças

Também estiveram presentes na Reunião Especial de Posse a esposa do Conselheiro Gilberto Diniz, Márcia Meireles de Melo Diniz; os Conselheiros do TCEMG Wanderley Ávila, Mauri Torres e José Alves Viana; os Conselheiros aposentados Eduardo Carone Costa e Maurício Brandi Aleixo; o Controlador-Geral do Estado de Minas Gerais, Plínio Salgado; e as Procuradoras do Ministério Público Junto ao Tribunal de Contas, Maria Cecília Borges, Elke Andrade Soares de Moura e Cristina Andrade Melo.

Currículo

Gilberto Pinto Monteiro Diniz nasceu em Belo Horizonte, Minas Gerais, no dia 06 de setembro de 1962, filho de Raimundo Diniz e Maria Pinto Diniz. É casado com Márcia Meireles de Melo Diniz e tem dois filhos, Marina e Thales.

Iniciou sua carreira profissional em 1977, no escritório contábil e de advocacia de seus irmãos Elair Matheus Diniz e Jorge Diniz, denominado Contabilidade Confiança Ltda., onde trabalhou até maio de 1991.

Graduou-se em Ciências Contábeis pelo Instituto Cultural Newton Paiva Ferreira, Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Economia, em Belo Horizonte, no dia 17 de dezembro de 1987.
Em 17 de julho de 1988, após aprovação em concurso público, tomou posse e entrou em exercício no cargo efetivo de Contador-Inspetor do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais, atual Analista de Controle Externo.

No Tribunal de Contas foi lotado, inicialmente, no então 3º Serviço de Fiscalização Financeira e Orçamentária da extinta DFOM – Diretoria de Fiscalização Financeira e Orçamentária de Municípios.
A partir de maio de 1990 passou a prestar serviços no Gabinete do Conselheiro Maurício Brandi Aleixo. De 1º de maio de 1995 a 14 de agosto de 1999 ocupou o cargo de provimento em comissão de recrutamento restrito de Assessor do Conselheiro Maurício Brandi Aleixo.

Em 20 de dezembro de 1991 concluiu o curso de Licenciatura Plena para a graduação de professores da parte de formação especial do currículo do ensino de 2º grau, pelo Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais – CEFET/MG, que originou registro no MEC para ministrar aulas relativas às disciplinas Contabilidade e Custos, Organização e Técnicas Comerciais, e Direito e Legislação.

Foi aprovado em concurso público da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte para o cargo efetivo de professor de contabilidade do ensino médio, curso técnico em contabilidade. Tomou posse e entrou em exercício no início de 1994, mesmo ano em que pediu exoneração, devido ao acúmulo de atividades.

Concluiu o curso de pós-graduação “lato sensu”, especialização em Controle Externo, em 06 dezembro de 1996, pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais – PUC/MG, em convênio com o Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (Escola de Contas e Capacitação Prof. Pedro Aleixo).

Em 15 de dezembro de 1998, concluiu o curso de graduação em Direito pela Faculdade de Direito Milton Campos, sediada em Nova Lima, região metropolitana de Belo Horizonte.
Após a aposentadoria do Conselheiro Maurício Brandi Aleixo, ocorrida em 14 de agosto de 1999, retornou ao Órgão Técnico do Tribunal de Contas. Inicialmente, foi lotado no extinto Departamento de Reexame e Apoio Operacional – DERAOP – da Diretoria de Auditoria Externa – DAE. Posteriormente, de 16 de setembro a 06 de dezembro de 1999, foi designado Coordenador da Coordenadoria de Área de Análise de Contas do Executivo Municipal da Diretoria de Análise Formal de Contas – DAC.

Em 07 de dezembro de 1999 foi nomeado Assessor do Conselheiro Eduardo Carone Costa. Ocupou esse cargo de provimento em comissão de recrutamento restrito até 02 de fevereiro de 2005.
No dia 03 de fevereiro de 2005, foi nomeado Chefe de Gabinete do Presidente do Tribunal de Contas, Conselheiro Eduardo Carone Costa, cargo que ocupou até 21 de março de 2006.
Após aprovação em concurso público de provas e títulos, foi nomeado para o cargo de Auditor do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais, e tomou posse às 11h do dia 22 de março de 2006, quando entrou em exercício e foi condecorado com o Colar do Mérito da Corte de Contas Ministro José Maria de Alkmim.

Em 09/10/2013, após aprovação pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), foi nomeado pelo Governador Antonio Augusto Anastasia para o cargo de Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCEMG), sendo empossado no mesmo dia.

Fonte: http://www.tce.mg.gov.br/

voltar para notícias