Prefeito, secretário de Governo e pregoeira são afastados dos cargos em Itacarambi

  • 2610 visualizações.
  • Publicado em: Notícias
  • Autor: ADPM

Segundo estimativas do MPMG, a fraude pode ultrapassar R$ 5 milhões. A operação começou por volta das 4h da manhã e contou com o apoio da Polícia Militar.

 

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio da Promotoria de Defesa do Patrimônio Público, realizou nesta sexta-feira, 14, a operação 'Padrinho de Casamento' em Itacarambi, Comarca de Januária, Norte de Minas Gerais. Mandados de busca e apreensão foram cumpridos na sede da Prefeitura de Itacarambi, nas residências dos envolvidos e sedes das três empresas investigadas nas cidades de Itacarambi, Januária e Montes Claros.

Segundo os promotores de Justiça, suspeita-se que N.F.M.N. e D.P.M., o primeiro um ex-funcionário de uma das empresas investigadas, foram inseridos na administração municipal nos cargos de secretário de Governo e de pregoeira oficial, respectivamente, para favorecer as três empresas da construção civil e pavimentação de ruas, primeiro, direcionando o resultado das licitações para que se sagrassem vencedoras; depois, favorecendo-as nas medições e na fiscalização da execução do objeto licitado.

O prefeito R.B., o secretário de Governo N.F.M.N, e a esposa dele, a pregoeira municipal D. P.M, foram afastados de suas funções. Também em decorrência da ação cautelar preparatória de ação civil pública, os contratos celebrados com as referidas empresas foram suspensos, bem como toda espécie de ordem de pagamento.

A Comissão de Licitação do Município ainda tinha o filho do prefeito, D.B, como presidente e D.P.M. e N.F.M.N. como participantes.

 Fonte: http://www.mp.mg.gov.br

voltar para notícias